quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Estado Brasileiro (Símbolos e Hinos)

Insígnia Brasileira

Estado Brasileiro


Símbolos e Hinos

Os símbolos e hinos são manifestações gráficas e musicais de importante valor histórico, criadas para transmitir o sentimento de união nacional e mostrar a soberania do País. A Constituição Federal estabelece que a República Federativa do Brasil possui quatro símbolos oficiais: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, o Brasão da República e o Selo Nacional.

Bandeira Nacional

Quatro dias após a proclamação da República, em 19 de novembro de 1889, uma nova bandeira foi lançada para representar as conquistas e o novo momento histórico do País. Projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares, foi inspirada na Bandeira do Império, desenhada pelo pintor francês Jean Baptiste Debret.
Aprovada pelo Decreto nº 4, a bandeira manteve a tradição das antigas cores nacionais – verde e amarelo – do seguinte modo: um losango amarelo em campo verde, tendo no meio a esfera celeste azul, atravessada por uma zona branca, em sentido oblíquo e descendente da direita para a esquerda, com os dizeres “Ordem e Progresso”, expressão com origem no positivismo – escola filosófica e religiosa francesa fundada por Auguste Comte que, dentre outras questões, via no progresso um dos motores da evolução da sociedade.
As estrelas, que fazem parte da esfera, representam a constelação Cruzeiro do Sul. Cada uma corresponde a um Estado brasileiro e, de acordo com a Lei nº 8.421, de 11 de maio de 1992, deve ser atualizada no caso de criação ou extinção de algum Estado. A única estrela acima na inscrição “Ordem e Progresso” é chamada Spica e representa o Estado do Pará.

Hinos

Em 1890, por meio do Decreto nº 171, a composição musical do maestro Francisco Manoel da Silva é conservada como o Hino Nacional Brasileiro. Mas a letra – escrita por Osório Duque Estrada em 1909 – somente foi oficializada em 6 de setembro de 1922, às vésperas do 1º Centenário da Independência  por meio do Decreto nº 15.671.
Existem também outros hinos nacionais, que representam símbolos importantes para o Brasil. O mais antigo é o Hino da Independência, composto pelo próprio D. Pedro I.
O Hino à Bandeira, escrito pelo poeta Olavo Bilac, foi apresentado pela primeira vez em 1906.
Ouça os principais hinos do País:

Hino Nacional Brasileiro
Poema de: Joaquim Osório Duque Estrada
Música de: Francisco Manoel da Silva

Hino da Independência do Brasil
Letra de: Evaristo da Veiga
Música de: D. Pedro I

Hino da Proclamação da República
Letra de: Medeiros e Albuquerque
Música de: Leopoldo Augusto Miguez

Hino à Bandeira Nacional
Letra de: Olavo Bilac (1865-1918)
Música de: Francisco Braga (1868-1945)
Apresentado pela 1ª vez em 09/11/1906

Selo

O Selo Nacional do Brasil é baseado na esfera da bandeira nacional. Nele há um círculo com os dizeres “República Federativa do Brasil”. É usado para autenticar os atos de governo, os diplomas e certificados expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas.

Brasão da República

A bandeira-insígnia da Presidência traz o Brasão da República, um dos quatro símbolos nacionais, aplicado sobre o fundo verde.
O Brasão de Armas do Brasil foi desenhado pelo engenheiro Artur Zauer, por encomenda do Presidente Manoel Deodoro da Fonseca. É um escudo azul-celeste, apoiado sobre uma estrela de cinco pontas, com uma espada em riste.
Ao seu redor, está uma coroa formada de um ramo de café frutificado e outro de fumo florido sobre um resplendor de ouro. O uso do brasão é obrigatório pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e pelas Forças Armadas. Também estão presentes em todos os prédios públicos.