domingo, 23 de março de 2014

Empresas contribuintes do ICMS devem se cadastrar no SEFAZNET

Mais de 80 mil empresas contribuintes do ICMS do Estado do Maranhão estão obrigadas a se cadastrar como usuárias da central de autoatendimento SEFAZNET até o dia 30 de março.


    A Secretaria da Fazenda determinou por meio da Portaria 65/2014 que as mais de 80 mil empresas contribuintes do ICMS do Estado do Maranhão estão obrigadas a se cadastrar como usuárias da central de autoatendimento SEFAZNET, para realizar serviços e obrigações tributárias, que só poderão ser concluídas pelo acesso a esta central disponível no portal da SEFAZ na internet. O prazo para o cadastro no SEFAZNET é de 30 de março.

    Com as novas regras de acesso aos serviços pelo SEFAZNET, somente as empresas com cadastro na central poderão emitir o recibo de entrega da Declaração mensal (DIEF) e solicitar parcelamento de débito do ICMS.
    Também, somente através do SEFAZNET, será possível a emissão de nota fiscal eletrônica; autorização para emissão de nota fiscal do consumidor (AIDF); emissão de certidões negativas ou positiva com efeito de negativa; obtenção de Regime Especial; e credenciamentos.
    A SEFAZ chama a atenção dos contribuintes para evitar atropelos, agilizando a solicitação de acesso ao SEFAZNET nas Agências da SEFAZ, até o dia 30/03. Hoje, aproximadamente, 32 mil empresas, 40% do total, possuem autorização para acesso ao SEFAZNET.


Como se cadastrar



    O formulário de acesso ao SEFANET deve ser emitido pela Internet, assinado pelo titular e entregue pessoalmente nas Agências para recebimento da senha descartável, ou por meio de terceiro formalmente autorizado, com reconhecimento de assinatura, para recebimento da senha de acesso.


Domicílio Tributário



    O SEFAZNET, além de central de autoatendimento, onde o contribuinte encontra o banco de dados com as suas operações, notas fiscais emitidas e recebidas, conta corrente e outras informações, será o Domicílio Tributário Eletrônico do contribuinte do ICMS, por meio do qual este será cientificado formalmente de autos de infração, notificações de lançamento, aviso de débitos e outras manifestações periódicas da SEFAZ.


Produtores Rurais


    A partir de 1 de janeiro de 2014 a SEFAZ passou a exigir que os produtores rurais (Pessoa Física, com inscrição no Estado, mas, sem CNPJ) emitam a Nota Fiscal Avulsa no portal da SEFAZ na Internet, quando realizarem a circulação de produtos ou mercadorias.
    Para haver mais segurança, os produtores somente poderão fazer a emissão de Nota Fiscal Avulsa por meio do SEFAZNET com acesso por senha. O cancelamento da nota fiscal avulsa também somente será efetivada via SEFAZNET.
 
Fonte: SEFAZ-MA